Polícia

ZONA DA MATA » Bangue-bangue à luz do dia Bandidos tentam roubar bancos, fazem reféns, trocam tiros com a PM e matam policial e vigia. Em operação conjunta na busca pela quadrilha, três suspeitos são presos. Armas e munição apreendidas

João Henrique do Vale
e Simon Nascimento *

Publicação: 11/07/2017 04:00

Uma grande operação conjunta entre as polícias Civil e Militar foi montada para localizar os criminosos que levaram terror a população de Santa Margarida, na Zona da Mata, ontem, na tentativa de assaltos a bancos. Um vigia e um policial foram mortos. Durante o cerco, foram presos três integrantes da quadrilha. Além da apreensão de armas de grosso calibre e munição. As ações continuariam para tentar encontrar outros membros da facção. Policiais de Belo Horizonte e de outras cidades participavam das buscas. Três aeronaves auxiliavam. Até o fechamento desta edição os outros suspeitos não foram encontrados.

A ação ousada dos criminosos aconteceu à luz do dia. Por volta 9h, oito criminosos armados com espingardas calibre 12 e fuzis 556, assaltaram uma agência do Banco Sicoob. Em seguida, seguiram para o Banco do Brasil. Na segunda tentativa de roubo, houve troca de tiros e dois vigilantes foram baleados. Um deles, Leonardo José Mendes, morreu e outro foi encaminhado para o hospital da cidade. O estado de saúde dele não foi informado até o fechamento desta edição.

Os criminosos fizeram duas pessoas reféns e fugiram em uma caminhonete. As vítimas foram colocadas na caçamba do veículo e serviram de escudo para os bandidos. Na fuga, os homens que estavam na carroceria trocaram tiros com policiais militares. O cabo Marcos Marques da Silva, de 36 anos, foi baleado e morreu na calçada de uma das agências.

Um cerco foi feito na região. Os criminosos fugiram para a zona rural da cidade com os reféns. Por volta das 12h, a caminhonete, Fiat Toro, foi localizada abandonada. No local, as vítimas foram liberadas. Em um matagal próximo, a polícia encontrou várias armas e munição. Três pessoas foram presas por volta das 13h30, e um quarto conseguiu fugir.

Foram apreendidas três armas calibre 12, uma submetralhadora, dois coletes balísticos, toucas ninjas. O cerco segue na região prossegue para tentar capturar outros criminosos, que conseguiram fugir. A PM enviou para as buscas na região uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope), três aeronaves e os comandos das polícias Civil e Militar regionais estavam fazendo operação de cerco e bloqueio em estradas da área. Equipes de inteligência das duas corporações trabalham na identificação dos autores. Santa Margarida tem 16 mil habitantes e um efetivo total de cinco policiais militares.

Medo


A ação dos criminosos levou medo e assustou moradores da cidade, de aproximadamente 16 mil habitantes. A fuga da quadrilha foi filmada por algumas pessoas. As imagens flagraram o policial sendo morto e trocando tiros com os bandidos. Mulheres choraram de desespero ao ver a cena. As vidraças dos terminais foram destruídas. (*Estagiário sob supervisão da subeditora Regina Werneck)

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.