Polícia

VESPASIANO » Medo em família Ladrões rendem mãe e filha durante assalto a casa e, durante a ação, descobrem que dono do imóvel é militar. Ainda assim, seguiram com o roubo e fugiram levando vários objetos e até munição

Andréa Silva

Publicação: 28/08/2015 04:00

Mulher e filha de um sargento da Polícia Militar (PM) foram feitas reféns, no fim da noite de anteontem, por assaltantes que invadiram a casa da família, no Bairro Jardim Alterosa, em Vespasiano, Grande BH. As vítimas, de 43 e 11 anos, foram amarradas, amordaçadas e trancadas em um banheiro. O roubo no imóvel só foi descoberto depois que o policial chegou e encontrou tudo revirado. Além de dinheiro, joias, relógios, celular, TVs, roupas e calçados, os bandidos levaram um Honda Fit do casal, um carregador de arma e munição do sargento.


O Honda foi encontrado abandonado e batido em uma Rua do Bairro Vila Clóris, Norte de BH. Dois irmãos, de 19 e 16 anos, foram detidos como suspeitos de participação no roubo. A PM não localizou os materiais levados da casa. Um Fiat Uno preto foi visto dando cobertura na fuga dos comparsas.


Segundo o tenente Augusto Cézar Alves, do 36º BPM, os criminosos renderam mãe e filha quando as duas chegavam em casa. A mulher havia acabado de acionar o portão eletrônico quando dois desconhecidos apareceram – um deles vestia calça jeans, blusa listrada e bota, enquanto o outro estava de bermuda e boné. A dupla rendeu as vítimas, anunciou o assalto e invadiu o imóvel. “Todo o tempo, os assaltantes fizeram ameaças”, contou o tenente.


De acordo com a PM, os acusados descobriram que no imóvel morava um militar ao verem um documento do sargento. A partir daí, passaram a questionar a mulher se eles eram casados, quando ele chegaria e ainda exigiram a arma de dele. Os criminosos chegaram a procurar pela arma, mas não a encontraram, porém, eles acharam o carregador e munições da pistola semiautomática calibre .40 que estavam em um dos quartos.


O tenente contou que o sargento chegou em casa pouco depois dos assaltantes saírem do imóvel. Ele pediu apoio a colegas. As principais vias de acesso a Vespasiano foram bloqueadas. “Durante as buscas, fomos informados que o Honda Fit teria passado por uma estrada em altíssima velocidade, sendo acompanhado por um Uno preto. Uma das viaturas se deparou com dois irmãos a pé ainda em Vespasiano, num bairro próximo de onde o roubo ocorreu. Eles foram reconhecidos pela vítima”, contou o militar.


PERSEGUIÇÃO


Ainda segundo o tenente, no momento da abordagem aos dois irmãos, da mesma rua onde eles estavam saiu o Honda Fit em alta velocidade com o condutor jogando o carro contra os policiais. Os militares saíram em perseguição ao veículo. O criminoso que dirigia o veículo roubado seguiu para a MG-10, avançado sinais vermelhos, sentido BH. Depois de bater o carro, o assaltante fugiu.


Os dois irmãos, que já são conhecidos no meio policial por envolvimento em roubos, principalmente de veículos – o mais velho teria deixado a prisão há cerca de dez dias – foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Plantão de Vespasiano. Na residência onde eles vivem com parentes, foi localizada uma moto com a placa trocada e o chassi raspado, que foi apreendida.

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.