Polícia

CAPITAL » Programa violento Prostituta é ferida a marretadas e diz que agressão ocorreu após ela se negar a fazer sexo com dois homens ao mesmo tempo. Suspeitos foram presos

Andréa Silva

Publicação: 18/12/2014 04:00

Uma prostituta de 55 anos foi socorrida com uma lesão grave na cabeça, na noite de anteontem, em Belo Horizonte, depois de ter sido atacada com marretadas. Ela alega ter sido agredida por ter se recusado a fazer sexo com dois homens ao mesmo tempo. O crime foi em um dos quartos de hotel que funciona como casa de prostituição no Centro da capital. Os acusados pelas agressões são os irmãos Cleiton Cristian Santos Diniz, de 18 anos, e David Cristian Santos Diniz, de 27. A Polícia Militar chegou até os agressores porque o mais novo acabou deixando para trás, no quarto do prostíbulo, um crachá e um cartão com o seu nome.


Já de madrugada, após horas de buscas, os suspeitos foram encontrados e detidos no Aglomerado Cabana, Região Oeste de BH, e no Bairro São Joaquim, Região do Barreiro. De acordo com a PM, ambos negaram o ataque contra mulher de programa e alegaram que eles foram atrás da mulher para cobrar R$ 500 que ela havia roubado durante um programa ocorrido há alguns dias. Os dois também disseram que foi a mulher quem os agrediu primeiro, com murros e unhadas.


Embora o hotel tivesse detector de metal, os agressores conseguiram passar pelo equipamento levando a marreta dentro de uma mochila. A suspeita é de que eles já chegaram ao estabelecimento com a intenção de tentar matar a mulher. A vítima sofreu um corte e afundamento no crânio, do lado esquerdo da cabeça. Ela foi socorrida e levada para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII (HPS), onde segue internada em observação. A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) informou que o estado da mulher é estável.


Militares do Grupo Especializado em Patrulhamento em Área de Risco (Gepar) ficaram monitorando a entrada da residência de Cleiton, que só chegou no imóvel por volta de 1h30. Após a prisão dele, os policiais prenderam seu irmão, que mora na Região do Barreiro. Os irmãos foram autuados em flagrante por tentativa de homicídio.

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.